Papel de parede Studio Ditte

Filtrar
32 modelos de papel de parede encontrados
 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
32 modelos de papel de parede encontrados
Página 1 de 1
Der Artikel wurde erfolgreich hinzugefügt.
Für die Filterung wurden keine Ergebnisse gefunden!
Você visualizou 32 de 32 modelos de papel de parede

Inspirados pela vida

Três artistas holandesas que baseiam seus conceitos de design em objetos conhecidos e significativos do dia-a-dia, proporcionando uma nova visão e espaço para histórias e sonhos. Marieke Dirks, Natasja Heesbeen e Endry van Zwam designers de decoração de parede, transpiram imaginação e nostalgia. Carros de brinquedo estacionados lado a lado na parede, e objetos como colheres ou pratos, antiguidades e tesouros escondidos são elevados para instalações de arte que invocam emoções e oferecem uma nova perspectiva de vida. Mergulhe nesta colorida joie de vivre de papéis de parede Studio Ditte.

Quebra cabeças

Formadas pela Academia Real das Artes, em Haia, as três criadoras fundaram a Studio Ditte na mesma cidade em 2005. O trio tinha criado uma grande amizade durante o tempo da academia, com interesses mútuos e paixões. Semelhante a um quebra-cabeças, seu trabalho utiliza suas próprias fotografias que tiram diariamente, combinadas com elementos do passado, o ambiente ou a natureza. Os desenhos resultantes falam com o espetador, refletem emoções e inspiram a imaginação. Papel de parede Studio Ditte ocupa todos os sentidos, mas deixa um amplo espaço para a interpretação.

Vínculo emocional

As artistas da Studio Ditte têm um talento especial para olhar para as coisas com outros olhos, acrescentando-lhes valores e emoções. Muitos de seus desenhos invocam um sentimento de familiaridade, intimidade e um bom bem-estar fora de moda, por exemplo, sua gama de madeira impressa, criada pelo trio para a exposição "Copy Paste History". Madeira envelhecida conta uma história, sua estrutura tem a sua própria narrativa, resultando em um ambiente confortável. O papel de parede Studio Ditte oferece uma nova visão de objetos familiares e o convida a ver seu ambiente de uma forma mais intensa.