Papel de parede infantil

Mais

Descobrir o mundo, brincar, aprender: nossos modelos de papel de parede infantil proporcionam bem mais do que diversão - também promovem a criatividade! Crie espaços inspiradores para bebês e crianças com nosso fantástico papel de parede.

Filtrar
212 modelos de papel de parede encontrados
 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
212 modelos de papel de parede encontrados
Der Artikel wurde erfolgreich hinzugefügt.
Für die Filterung wurden keine Ergebnisse gefunden!
Você visualizou 72 de 212 modelos de papel de parede

Papel de Parede Infantil - O Guia

As crianças passam por diferentes fases de desenvolvimento, e tanto a escolha do mobiliário como a decoração dos seus quartos devem poder acompanhar essas várias fases. As cores e os padrões desempenham um papel importante no momento de escolher um papel de parede adequado à idade e ao desenvolvimento da criança. O papel de parede infantil precisa satisfazer as necessidades do ponto de vista do design como também da funcionalidade. Os melhores modelos de papel de parede conseguem despertar a alegria e a ludicidade e podem ter um efeito calmante ou motivador. Eles são um elo de ligação entre o mundo externo e o mundo interno da criança e promovem a criatividade ao mesmo tempo que facilitam a aprendizagem. O quarto representa para as crianças o seu porto seguro pelo que conforto e calor são fatores importantes. Este guia explica o que deve ser levado em consideração quando se usa papel de parede para decorar um quarto infantil.

Índice

Como decorar um quarto infantil?

O quarto infantil muda de acordo com as fases de desenvolvimento da criança; ele deve ser adaptado às habilidades e interesses da criança. Enquanto o quarto de um bebê requer muito pouco espaço, alguns anos depois o lema passa a: quanto mais crescida é a criança, mais espaço ela precisa.

Bebês

Muitos pais preparam o quarto do bebê antes de ele nascer. Eles querem que tudo esteja pronto quando o bebê nascer. Na realidade, o bebê tende a dormir em um berço no quarto dos pais durante as primeiras semanas e meses de vida, algo que é recomendado por especialistas, pois promove os laços sociais e incentiva a conexão. Por essa razão, o bebê geralmente não precisa realmente de ter seu próprio quarto pronto até começar a dormir sozinho, o que poderá acontecer a partir do 3º mês.

Em termos de mobiliário, um berço, uma cômoda com trocador e um pequeno guarda-roupa é tudo o que ele precisa. Madeira de tons claros ou branco são as cores ideais para o mobiliário do quarto do bebê, proporcionando dessa forma um ambiente neutro para a aplicação de papel de parede. As cores claras e contrastantes são ótimas para a visão dos bebês. As formas geométricas simples em preto e branco são uma excelente opção para bebês e, por causa da sua acuidade visual limitada, os padrões de grandes dimensões são boas escolhas. As nuances suaves de vermelho têm um efeito calmante nos mais pequenos.

Crianças pequenas

Esta fase acontece a partir de um ano até os três anos de idade. As crianças tornam-se mais ágeis e curiosas. Elas engatinham e depois aprendem a andar. Para esses pequenos exploradores, os quartos apresentam geralmente um berço mais flexível e muito espaço para armazenar brinquedos. Uma cadeira adequada à idade da criança é outra opção bem-vinda.

No entanto, o quarto não deve ser demasiado mobiliado, pois o que a criança mais precisa é espaço para se movimentar. O papel de parede com motivos auxilia e promove a alegria da descoberta por parte da criança. Zoos engraçados, florestas, animais marinhos, carros e padrões geométricos simples são todas boas opções. Nessa idade, as crianças conseguem distinguir todas as cores básicas e os tons pastel, pelo que é importante levar isso em conta na escolha do papel de parede.

Crianças em idade pré-escolar

A partir dos três anos de idade, muitas crianças começam a frequentar o jardim de infância e iniciam assim uma nova e importante fase da sua vida. Eles interagem com outras crianças e adultos, aprendem novas regras, desenvolvem habilidades sociais básicas e testam limites. As primeiras amizades surgem. O quarto da criança torna-se um local de retiro onde as experiências são integradas, muitas vezes de forma lúdica, por exemplo, com jogos de interpretação de papéis.

O berço é substituído por uma pequena cama, o trocador desaparece, deixando espaço para uma pequena mesa e uma cadeira ou para poltronas ou pufes confortáveis. Interesses e preferências pessoais começam a surgir. Geralmente, as meninas desenvolvem uma preferência por bonecas, cavalos, criaturas míticas, enquanto os meninos tendem a preferir caubóis, bombeiros ou aviões. Isso se reflete na escolha do padrão de papel de parede. Os modelos de papel de parede são mais coloridos e detalhados e transformam-se num cenário para jogos imaginativos.

Crianças em idade escolar

A partir dos cinco ou seis anos, as crianças vão para a escola. Começa assim uma outra fase importante que se reflete na decoração do quarto e na escolha do papel de parede. As crianças em idade escolar enfrentam novos desafios, precisam reorganizar suas prioridades, obter bons resultados acadêmicos e expandir sua competência social. O quarto da criança se transforma num espaço multifuncional. Além de uma cama adequada à idade, a mesa de estudo é a peça central. Um guarda-roupa maior, uma cômoda e uma área de estar ou um cantinho de leitura completam a decoração.

Faz sentido separar as áreas para dormir / estudar / relaxar e brincar, por exemplo, usando vários modelos de papel de parede diferentes. As cores da parede / do papel de parede e os padrões estão cada vez mais em sintonia com os gostos da criança e levam em conta aspectos psicológicos. Enquanto a área para estudar se beneficia de cores estimulantes e padrões inspiradores, o espaço para relaxar e dormir deve apresentar tons mais suaves e padrões de papel de parede que convidam a dar asas à imaginação. 

Que cores os bebês conseguem ver?

Quando os bebês nascem, sua acuidade visual é limitada visto que a sua visão se desenvolve lentamente ao longo do primeiro ano de vida, a fim de protegê-los de uma sobrecarga sensorial. Isso deve ser tido em conta ao escolher a cor e o padrão do papel de parede.

Desenvolvimento visual

Por volta do 7º mês de gestação, os fetos abrem os olhos pela primeira vez e são capazes de diferenciar luz e escuridão. Feixes de luz suaves são captados em tons de vermelho através da parede abdominal da mãe. Após o nascimento, o mundo transforma-se em um lugar muito embaçado para bebês recém-nascidos. A orientação é feita através de fontes de luz e movimentos. Sua acuidade visual melhora gradualmente, mas limita-se ao que se encontra à frente do seu rosto durante as primeiras semanas. A criança reage principalmente a cores vivas e ao contraste claro / escuro.

Os cientistas descobriram que bebês muito pequenos gostam da combinação de preto e branco. Tons quentes e suaves de vermelho também são uma boa escolha, pois lembram os feixes de luz vistos do interior da barriga da mãe. A partir da nona semana, a criança consegue ver com os dois olhos, e a noção espacial bem como a capacidade de ver coisas à distância estão já mais desenvolvidas. A partir do terceiro mês de vida, os bebês conseguem reconhecer e diferenciar as cores vermelho, azul e amarelo. A partir do 5º mês, eles também conseguem distinguir tons pastel.

Estudos descobriram que, nessa idade, os bebês preferem as cores vermelho, laranja, roxo e azul. As cores são uma ótima maneira de desenvolver a acuidade visual e isso não se limita apenas ao papel de parede, pois isso deve ser levado em consideração em toda a decoração. As cores podem ser neutras ou suaves. Acessórios, móveis e brinquedos de cores vivas proporcionam contrastes interessantes para a criança.

Acuidade visual

A acuidade visual do recém-nascido é limitada à área mais próxima dos olhos (cerca de 20 - 25 cm). A criança consegue reconhecer rostos, especialmente os rostos dos cuidadores mais próximos. Cores fortes e contrastantes estimulam o nervo óptico. Grandes padrões gráficos, formas geométricas simples ou rostos de animais engraçados prendem a atenção da criança. A partir do terceiro mês, o bebê foca a sua atenção em cores primárias vivas, formas mais complexas e em detalhes.

Outro dos passos importantes do desenvolvimento é a coordenação mão / olho, que promove a noção de profundidade. A partir dos 10 - 12 meses, a acuidade visual da criança atinge até 50% da acuidade visual de um adulto. A criança consegue agora distinguir todas as cores, até as mais sutis nuances e diferenças. Em termos de decoração de parede, as cores vivas, contrastantes ou pastel são as mais indicadas para essa fase de desenvolvimento infantil e visual. 

Quais as melhores cores para as crianças?

De um modo geral, as crianças adoram todas as cores vivas. No entanto, faz sentido falar apenas de algumas cores favoritas para evitar a superestimulação. O gênero também pode influenciar em termos de escolhas de cores, mas existem muitos tons que tanto as meninas como os meninos vão gostar.

Sem gênero (unissex)

Amarelo, verde, azul e turquesa são apenas algumas das cores sem gênero mais apreciadas por meninos e meninas. O amarelo está bem no topo da lista dos favoritos, e a tonalidade pode variar entre um amarelo limão frutado, um tom suave de baunilha, um dourado quente ou um amarelo milho. Uma das razões é porque essa cor possui muitas características positivas. O amarelo cria um ambiente alegre e animado, exala energia e promove a autoconfiança e o otimismo.

O verde é outra cor sem gênero. No quarto infantil, onde o foco está na atividade, na criatividade e no relaxamento, o verde funciona na perfeição, pois atende a todos esses requisitos. Com suas propriedades calmantes e relaxantes, o azul é outra cor unissex muito procurada. Os especialistas recomendam a combinação de vários tons de azul para que a decoração do quarto não seja muito fria. O turquesa também pertence às cores unissex mais populares para quartos de criança. Esta combinação calorosa de verde e de azul confere energia, fortalece a autoconfiança e equilibra a mente.

Cores mais procuradas para meninos

A combinação de cinza e branco exala uma frescura moderna - e com o padrão certo, funciona para meninos de todas as idades. Este tom neutro proporciona clareza e estrutura - o cenário perfeito para um design de interiores colorido. De acordo com as pesquisas, o vermelho é outra das cores favoritas dos meninos, seja nas roupas ou na decoração. Isso pode ser uma surpresa, mas está ligado à energia e ao espírito de aventura. No entanto, o vermelho deve ser usado com moderação em quartos de criança, por exemplo, em uma parede de destaque, visto que em excesso pode fomentar a agressividade.

Cores mais procuradas para meninas

Não há dúvida: a decoração de princesa é mesmo tendência. Por essa razão, o rosa ainda é uma das cores favoritas para meninas de todas as idades. Esta cor romântica ajuda a prevenir o mau humor e a agressividade. Além dessa cor, o roxo e o violeta são também cores muito procuradas para decorar quartos infantis. Ambas as cores promovem a criatividade, conferem equilíbrio e harmonia e auxiliam na tomada de decisões. Nuances suaves de marrom são perfeitas para meninas ativas que adoram a natureza.

Nossa recomendação: É melhor escolher cores intemporais do que combinações atuais ou na moda, pois é possível que as crianças percam o interesse à medida que crescem. Cores clássicas como o azul, o verde, o amarelo ou o cinza são ótimas escolhas.

Qual o impacto das cores e dos padrões no desenvolvimento infantil?

As descobertas feitas pela psicologia das cores são um grande aliado quando se trata de escolher cores específicas de acordo com seu impacto positivo na criatividade e na capacidade de aprender das crianças. Ao escolher o padrão, é importante perceber qual a fase de desenvolvimento em que se encontra a criança e quais seus interesses pessoais.

Criatividade

A imaginação e a criatividade estão inextricavelmente ligadas. Padrões que estimulam a imaginação também promovem a criatividade. Entre as cores que estimulam a criatividade estão o laranja, o verde, o azul, o roxo e o violeta. Quando usado com moderação, o vermelho também tem um efeito estimulante. Os modelos de papel de parede com elementos interligados (por exemplo, astronautas, foguetes, planetas) ou que estimulam a arte de contar histórias (por exemplo, uma paisagem com animais ou personagens de contos de fadas) convidam a criança a considerar possíveis conexões, a criar suas próprias histórias ou a usar o papel de parede como cenário para brincadeiras imaginativas. A longo prazo, isso fortalece sua criatividade.

A criatividade das crianças transforma-se em atividade. Nesse contexto, um papel de parede que pode ser (co-)desenhado por crianças, por exemplo, através de pinturas e de desenhos, é uma ótima escolha. Bons exemplos são os padrões em preto e branco, as molduras com imagens e os modelos  imitação quadro negro ou quadro branco.

Capacidade de aprender

A aprendizagem é um processo contínuo que dura toda a vida, mas as experiências vivenciadas pelas crianças são essenciais para o seu desenvolvimento, o que se reflete nitidamente na curva de aprendizagem. As primeiras aprendizagens das crianças são feitas no seu ambiente mais direto e, em seguida, começam a andar e a falar. Intuitivamente, todos os seus sentidos são estimulados. Algum tempo depois, elas expandem seus horizontes interagindo socialmente. Na escola, o fator decisivo é a atenção. Os padrões geométricos ajudam crianças de todas as idades a reter informação e a desenvolver sua capacidade de aprender. Até mesmo os bebês ficam fascinados com formas simples e, à medida que a criança cresce, essas podem ser cada vez mais complexas e multidimensionais.

Em crianças em idade escolar, os números e as letras incentivam sua vontade de aprender. A simplicidade do padrão permite que as crianças mantenham o foco nos seus objetivos. A cor amarela estimula a inteligência, promove a capacidade de raciocínio e aumenta a concentração. A cor laranja melhora o desempenho e auxilia no processo de aprendizagem. O branco ajuda a pensar com clareza e deve ser usado como cor de base ou cor de padrão do papel de parede. Para bebês e crianças pequenas, tons fortes e contrastantes ou o preto e branco estimulam os pequenos cérebros.

Quais são os melhores padrões de papel de parede para meninos?

Coragem, aventuras e ação são alguns dos temas favoritos para o papel de parede dos meninos. Embora exista uma enorme variedade de padrões de papel de parede para meninos, os motivos mais procurados continuam sendo carros, caminhões dos bombeiros, animais da floresta e super-heróis.

Carros

Carros de corrida rápidos, grandes caminhões, tratores impressionantes - o mundo dos automóveis é tão variado quanto a escolha dos modelos de papel de parede. Até os meninos mais pequenos acham os carros "bacanas"; como por magia, eles sentem-se atraídos pela velocidade e pelo movimento. Nas séries de animação de TV, os carros transformam-se em amigos e companheiros que falam e que vivem muitas aventuras. Os carros simbolizam a liberdade e o poder, razão pela qual nos quartos dos meninos eles tanto estão presentes na caixa de brinquedos como nas paredes.

Brigada de Incêndio

A maioria dos meninos passa por uma fase em que eles querem tornar-se bombeiros. Além dos fascinantes caminhões dos bombeiros, os meninos sentem-se inspirados pelos esforços corajosos dos bombeiros para salvar pessoas e animais. Portanto, não é de surpreender que os padrões ou motivos de papel de parede que representam a brigada de incêndio continuem sendo os favoritos. Além disso, eles favorecem a criatividade pois podem ser usados como cenário para histórias fantásticas de heroísmo.

Super-heróis

Grandes, fortes e poderosos - os super-heróis sabem tudo, conseguem fazer tudo o que querem, estão sempre prontos para salvar o dia e encontrar uma solução para qualquer problema. Os super-heróis são modelos que os meninos querem seguir e que ajudam a moldar seu caráter. No papel de parede dos meninos, eles estão sempre presentes podendo até se tornar aliados secretos e amigos imaginários.

Animais da floresta

Muitos animais fascinantes ou engraçados estão escondidos na escuridão e nos bosques misteriosos. Como não é possível para muitas crianças vê-los ao vivo na natureza, elas geralmente gostam de os ver em suas paredes. Veados, coelhos, ouriços, ursos - a lista é interminável. Muitos rapazes acham que o céu é mesmo assim, repleto de animais alegres oriundos da floresta.

Quais são os melhores padrões de papel de parede para meninas?

Mundos de contos de fadas, natureza, animais e criaturas míticas são alguns dos temas que as meninas gostam mais. A essa lista juntam-se também princesas, casas de campo, selvas, cavalos e nuvens.                                                                                                                                                       

Fazenda

Todos os animais da fazenda, pequenos e grandes, precisam de cuidados e de se divertir onde quer que estejam. Campos e prados, talvez um lago ou lagoa - todos esses motivos aparecem em modelos de papel de parede rústicos onde humanos e animais habitam juntos. Eles despertam o interesse e reforcem o caráter de muitas meninas. O papel de parede certo pode ajudar a explorar esses contextos de forma lúdica e criativa.

Selva

As meninas gostam de explorar tanto quanto os meninos. No entanto, tendem a preferir animais e plantas verdes, exuberantes e exóticas. A selva com vegetação densa combina uma natureza intocada com aventuras emocionantes e cores tropicais vibrantes. Cria o ambiente ideal para relaxar e convida a novas brincadeiras.

Cavalos e unicórnios

As meninas tendem a adorar os cavalos, especialmente durante o período de transição entre o jardim de infância e a escola. Este interesse pode continuar durante a adolescência e transformar-se em uma paixão esportiva na idade adulta. As meninas gostam de cuidar dos amigos de quatro patas, podendo até ter uma raça favorita de cavalo. Elas gostam de imaginar aventuras a cavalo onde brinquedos, livros e motivos de papel de parede tornam-se seus aliados. Os unicórnios são uma continuação desse conto de fadas onde permanece o amor pelos cavalos.

Nuvens

Nuvens macias e fofas convidam as meninas a sonhar e a sobrevoar o mundo. Os padrões com nuvens de uma só cor ou de muitas cores diferentes, onde a luz do sol espreita ou as gotas de chuva caem, são um dos modelos de papel de parede favoritos das meninas. Tanto os pensamentos e os desejos, como as tristezas e as preocupações são levados pelas nuvens até chegar ao seu destino. As nuvens estimulam a criatividade e convidam a dar asas à imaginação.

Os componentes presentes no papel de parede são inofensivos?

Todos os elementos presentes em quartos infantis - desde o papel de parede ao piso, passando pelos móveis e brinquedos - devem ser o mais inócuo possível. O sistema imunológico de uma criança precisa de tempo para se desenvolver completamente, o que significa que os mais pequenos são muito mais suscetíveis a substâncias perigosas em seu ambiente.

Sem poluentes

É sabido que alguns tipos de papel de parede podem conter poluentes. Para citar alguns exemplos, podem estar presentes os que são encontrados em plásticos (por exemplo, ftalato), os agentes de ligação, os compostos orgânicos voláteis, organo-halogenados ou organoestânicos e os biocidas. O papel de parede infantil não deveria conter nenhuma dessas substâncias. Os modelos de papel de parede feitos a partir de fibras de madeira ou de plantas puras, de celulose e de fibras têxteis, de papel não tratado ou reciclado ou de outros materiais sintéticos reciclados são todas opções com níveis de poluentes relativamente baixos. É fundamental garantir um ambiente saudável e respirável.

Corantes vegetais, tinta corante para impressão sem solventes e agentes de ligação naturais, como a borracha ou a resina, podem substituir substâncias que são prejudiciais à saúde de uma criança. Ao contrário dos alimentos, não é obrigatório identificar as substâncias contidas no papel de parede. Por essa razão, é importante verificar os selos e as certificações de qualidade dos fabricantes. Algumas das certificações de qualidade que garantem um nível baixo / isento de poluentes e atestam a qualidade ecológica são: o selo ecológico alemão Anjo Azul, o selo do Instituto Alemão para a Qualidade e a Rotulagem RAL, o selo do laboratório Natureplus, o selo que garante a ausência de ftalatos, e o selo do laboratório alemão Eco-INSTITUT.

Ecológico

O futuro pertence aos nossos filhos - e hoje, eles estão bem conscientes dos perigos atuais relativos ao meio ambiente pois estão lutando por um meio ambiente e por um clima saudáveis. O papel de parede ecológico é produzido a partir de matérias-primas sustentáveis ou recicladas. Os pesticidas, herbicidas e biocidas são completamente removidos da cadeia de produção, assim como quaisquer produtos químicos que possam ser prejudiciais à água ou ao habitat de insetos e animais silvestres. Os modelos de papel de parede ecológicos têm, na sua grande maioria, níveis baixos de poluentes e apresentam na sua embalagem um dos selos ou certificações de qualidade acima mencionados. 

Como usar o papel de parede para delimitar as diferentes áreas de um quarto infantil?

As prioridades das crianças mudam à medida que crescem. O papel de parede pode ser usado para delimitar as várias áreas do quarto da criança. No caso das crianças pequenas, é importante privilegiar a brincadeira, o relaxamento e o descanso. Uma criança em idade escolar precisa de um espaço para aprender / estudar, dormir e se refugiar.

Espaço de brincar

Nos quartos infantis que são especialmente usados para brincar, um papel de parede estimulante pode ser aplicado em todas as paredes ou apenas numa parede de destaque. As cores do fundo devem ser claras ou brancas, para fazer sobressair o padrão. Os padrões podem ser de grandes dimensões e "extravagantes" - se forem muito pequenos, o ambiente pode tornar-se demasiado pesado.

Cantinho de estudo

Quando se trata de estudar e aprender, a concentração é o fator mais importante. Em termos de cores e padrões, os modelos de papel de parede aplicados nesta área não devem ser demasiado estimulantes nem muito aborrecidos. A parede de destaque deverá ser aquela por trás da mesa de estudo, pois é também geralmente a primeira parede que se vê quando se abre a porta do quarto da criança. Letras e números, formas geométricas ou listras são as melhores escolhas. As outras paredes podem ser pintadas com uma cor que corresponde a uma das cores do padrão do papel de parede.

Quarto

Antes de dormir, ou enquanto relaxa, a criança deve poder ver padrões e motivos tranquilizantes e propícios à imaginação, como por exemplo, lugares fantásticos ou paisagens de grandes dimensões. O melhor sítio para aplicar o papel de parede é a parede junto à cama. Nos quartos dos bebês, é a parede que a criança vê quando está no seu berço, podendo ser a parede junto à cabeceira do bebê ou a parede que fica no lado oposto, ou até mesmo o teto.                       

Dicas: Ideias que as crianças vão adorar

  1. Peça ao seu filho para participar no projeto de decoração. No caso das meninas poderá ser um quarto de princesa em tons suaves de rosa e dourado, talvez com tiaras ou coroas, ou um castelo e alguns brilhos. Por sua vez, os meninos irão gostar de ter um quarto de pirata à semelhança dos Piratas do Caribe. Tal como o papel de parede, o mobiliário e os acessórios devem ser escolhidos com uma atenção especial.
  2. No quarto de criança, o mobiliário maior, tal como o guarda-roupa ou a cômoda, pode ser embelezado criativamente com papel de parede. Os modelos de papel de parede de lousa são uma excelente opção pois são praticamente indestrutíveis e podem ser rabiscados e desenhados com giz colorido.
  3. Use a cor favorito do seu filho para pintar a parede e utilize um papel de parede com padrão para recortar elementos decorativos originais. Por exemplo, se for um padrão com bolinhas, você pode recortar círculos, se for um padrão listrado, você pode recortar uma forma triangular. Cole as formas recortadas na parede do jeito que você e seu filho gostam mais.
  4. O teto do quarto infantil é também uma excelente opção para aplicar papel de parede com padrões fabulosos. Para bebês e crianças pequenas, o padrão pode representar um céu estrelado ou uma galáxia mágica, para as crianças que adoram a natureza, pode representar um prado repleto de flores. Graças ao nosso Guia sobre como colocar papel de parede no teto, até os amadores podem se aventurar.