Papel de parede clássico

Mais

O papel de parede clássico exala uma beleza intemporal e permite criar diferentes conceitos de decoração de interiores. As estampas históricas dão à sua casa um ar majestoso lembrando épocas e estilos importantes.

Filtrar
504 modelos de papel de parede encontrados
 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
504 modelos de papel de parede encontrados
Der Artikel wurde erfolgreich hinzugefügt.
Für die Filterung wurden keine Ergebnisse gefunden!
Você visualizou 72 de 504 modelos de papel de parede

Papel de Parede Clássico: O Guia

Os estilos de papel de parede clássico caracterizam-se por elementos de padrão e estampas referentes a períodos importantes quanto à arte e ao estilo, como por exemplo o Renascimento, o Barroco e o Art Nouveau. Os designs do papel de parede clássico criados hoje inspiram-se em modelos históricos ou antigos. Os papéis de parede originais e antigos com estampas clássicas são frequentemente encontrados em museus e em arquivos. Os modelos de papel de parede clássico criam um ambiente repleto de autenticidade, despertam memórias e são a ferramenta de decoração ideal para decorar interiores com uma forte ligação a uma era específica. Mas eles também podem servir de contraste em interiores ultramodernos.

Índice

O que é papel de parede clássico?

O papel de parede clássico refere-se a estampas usadas em períodos históricos. O termo "clássico" define seu caráter tradicional e duradouro, onde elementos específicos dos estilos da época são apresentados. As reproduções feitas a partir de arquivos também surgem na indústria de papel de parede.

Classicismo

De acordo com a tradução do latim, o classicismo é a base do progresso, ao mesmo tempo que é intemporal e eterno. O classicismo liga-se à tradição, ao desenvolvimento cultural e à história. Em várias áreas, como a música, a literatura, as artes visuais e a arquitetura, o termo "clássico" é usado em um contexto mais específico e até por tempo limitado.

Características estilísticas de períodos históricos

Cada período histórico tem suas próprias características estilísticas, que são facilmente observáveis. No que diz respeito às estampas de papel de parede, os ornamentos opulentos são típicos do período Barroco e consistem em figuras, flores, plantas, etc. O estilo Art Nouveau caracteriza-se por formas amplas, orgânicas e florais que criam estampas surpreendentes e cheias de detalhes. No Art Déco, as formas geométricas claras, os arcos, os degraus e os ângulos são característicos.

Reproduções a partir de arquivos

Os papéis de parede históricos são guardados como tesouros nos arquivos do museu. Devido à sua idade, o papel ou outros materiais usados tornam-se muito sensíveis e podem reagir em contacto com o oxigênio e o ar. Respeitando certas condições, é possível fazer reproduções a partir de desenhos históricos. O desenho antigo é cuidadosamente copiado ou reinterpretado.

Quais são os períodos a que se referem as estampas históricas de papel de parede?

Ao longo de muitos séculos, inúmeros períodos se tornaram parte significativa da história. Eles ainda influenciam a arte, o design e a arquitetura de hoje. Os estilos Barroco, Rococó, Classicismo / Império, Biedermeier, Art Nouveau, Art Déco ou Bauhaus, entre outros, estão todos presentes nas estampas de papel de parede atuais.

Barroco (1600 - 1730) 

Este período da história da arte europeia se divide em Barroco Primitivo (por volta de 1600-1650), Alto Barroco (1650 - 1700) e Barroco Tardio (até 1730). Esse estilo glamouroso que expressa poder, opulência e riqueza esteve muito presente em Itália e em França. Formas simétricas, curvas, convexas e côncavas, ornamentos ricos e cores fortes como o dourado ou a cor roxa são característicos do período Barroco. A qualidade do artesanato teve um grande destaque.

Rococó (1730 - 1770) 

O Rococó se desenvolveu a partir do Barroco Tardio. Na época do Rei Sol, Luís XIV, a França, cujo Palácio de Versalhes foi projetado em estilo Barroco, foi considerada o berço do Rococó. Como no estilo Barroco, os elementos de design oferecem uma ornamentação rica, e também uma certa alegria em seus floreios e aspectos românticos. A assimetria dos ornamentos do estilo Rocaille é o grande destaque. Linhas curvas, molduras em forma de gavinhas e elementos exóticos caracterizam esse estilo fortemente decorativo.

Classicismo / Império (1770 - 1840) 

No Classicismo, a arquitetura, a arte e o design inspiram-se na Grécia Antiga e no Império Romano. Em contraste com o estilo Barroco, as formas são simples, claras e descomplicadas. É a era dos salões elegantes, com móveis de madeira maciça escura e papel de parede de tecido de alta qualidade. O estilo Império faz parte do Classicismo tendo iniciado durante o reinado do imperador francês Napoleão Bonaparte. A Grécia Antiga e o Império Romano ainda servem de inspiração para esse estilo representativo com caráter opulento e festivo.

Biedermeier (1820 - 1850) 

O período alemão Biedermeier (por vezes escrito Biedermaier) começa após o final do Congresso de Viena. É um tempo de estagnação política. A classe média alta cria seu próprio mundo. A família e o lar estão no centro da vida. Dois poetas criam o pseudônimo Gottlieb Biedermaier de caráter filisteu, conservador e burguês, dando assim nome a este período. Ao mesmo tempo, a atitude "Biedermaier" representa as virtudes típicas da Alemanha, como a diligência e a honestidade. O preciosismo de uma vida privada e idílica serve de inspiração para uma decoração de interiores elegante e simples.

Art Nouveau (1890 - 1920)

Na história da arte, o Art Nouveau é o estilo que surgiu na passagem do século XIX para o século XX. A reforma e o modernismo foram pontos de referência essenciais adotados por este movimento e a partir dos quais surgiram novas ideias. O Art Nouveau serviu de mote para uma nova era em que arte e vida se fundiram. A arte se tornou parte da vida cotidiana, a funcionalidade se tornou um elemento importante no design. Entre os elementos estilísticos mais importantes estão os grandes ornamentos florais com detalhes de grande qualidade, bem como maravilhosas linhas curvas.

Art Déco (1920 - 1940)

O Art Déco é um estilo de design, arte e arquitetura de origem francesa e italiana, caracterizado por uma complexa estilização e abstração. O Cubismo e o Futurismo influenciam o design artístico. As estampas florais e orgânicas são cuidadosamente combinadas com a geometria rigorosa do funcionalismo. Também surgem influências de culturas estrangeiras, por exemplo da África ou das Arábias. São utilizados materiais luxuosos e preciosos, como a prata, o bronze, o ébano, o cristal e o marfim. 

Bauhaus (1920 - 1940)

Em 1919, Walter Gropius fundou a escola Staatliches Bauhaus em Weimar, na Alemanha. Seu foco principal é a combinação da arte e do artesanato. Esta famosa escola de arte é considerada o berço do movimento de vanguarda. O foco é a arquitetura moderna onde são feitas experiências com regras específicas. Em um edifício "Bauhaus", todos os elementos devem unir beleza visual e funcionalidade. Formas cubistas, cores primárias, materiais novos e óbvios, assim como a funcionalidade, são características essenciais do estilo Bauhaus. 

Quais são os países de origem dos modelos de papel de parede clássico?

As estampas de papel de parede clássico geralmente se inspiram em estampas tradicionais, específicas de cada país. Dessa forma, os modelos de papel de parede clássico são facilmente identificados de acordo com o país de origem, como Inglaterra, França, Itália ou Suécia.

Inglaterra

Os modelos de papel de parede clássico da Inglaterra apresentam geralmente estampas com estilo vitoriano. Para homenagear a casa de campo inglesa, são representados paisagens e cenas de caça, rosas, elementos florais ou ornamentos heráldicos. Paisley é uma outra estampa inglesa com uma longa tradição.

França

Os papéis de parede clássicos franceses caracterizam-se por padrões estilo Barroco ou Rococó opulentos. O estilo renascentista gótico também está presente. Os modelos de papel de parede tradicionais Toile de Jouy também devem ser mencionados. O lírio francês é uma estampa popular no estilo rústico. 

Itália

A pintura Barroca veneziana com efeitos ilusionistas fazem parte da arte clássica do papel de parede italiano. O mosaico romano e o afresco, bem como a aparência luxuosa do mármore e do marmorite nas estampas tradicionais, ou as pinturas figurativas estilo Botticelli, entre outros, também caracterizam esse estilo.

Suécia

Os designs históricos dos modelos de papel de parede suecos apresentam geralmente estampas relativas à tradição folclórica sueca, uma tradição que se estende por vários séculos. Além disso, o estilo Gustaviano (classicismo) da aristocracia é um modelo popular em designs clássicos. Os estilos de papel de parede clássico sueco incluem também interpretações próprias do país relativamente ao Art Nouveau e ao Art Déco.

O que significa o termo "papel de parede antigo"?

As ilustrações nas estampas de papel de parede antigo referem-se à arquitetura e às artes clássicas. O foco está nas estampas e nos padrões da Grécia Antiga e do Império Romano.

Grécia Antiga

A Grécia Antiga é o período entre 1200 a.C. e 146 d.C. Este período, o início do desenvolvimento da Grécia moderna, deu origem à civilização, à cultura, à ciência e à educação. A Grécia Antiga foi uma força pioneira em todas as áreas da vida, incluindo a medicina, a arquitetura, a literatura, a filosofia e a pintura. As estampas de papel de parede antigo apresentam geralmente figuras da mitologia grega, como também representações de animais, plantas e seres humanos em pinturas de vasos e paredes antigas.

Império Romano

O Império Romano existiu entre o século VIII a.C. e o século VII d.C. Foi considerado o maior império da região do Mediterrâneo tendo coberto grande parte da Europa. O "Imperium Romanum" passou por vários períodos de domínio político, incluindo o período imperial que atingiu o seu apogeu sob o reinado do imperador Trajano (115-117). Nos palácios e nas casas de campo, o poder e a opulência revelavam-se através de mosaicos, afrescos, revestimentos em tecido ou pinturas nas paredes e tetos requintados ou através de decorações refinadas. Esses símbolos de status também adornam os papéis de parede romanos antigos.

Que processos de impressão tradicionais são usados na produção de papel de parede?

Os processos de impressão tradicionais e históricos são os melhores para modelos de papel de parede clássico, especialmente quando se quer transmitir autenticidade. A flexografia e a serigrafia são os principais processos de impressão tradicionais.

Flexografia

A flexografia foi desenvolvida em 1915 pelo fotógrafo alemão Heinrich Kühn (1866-1944). Neste processo, as tintas são misturadas com a cola. O aparecimento da impressão flexográfica mecânica com rolos utilizados na produção de papel de parede substituiu o processo de impressão manual. Ainda hoje, a impressão flexográfica com máquina é usada para modelos de papel de parede exclusivos com uma aparência artesanal.

Serigrafia

A serigrafia é um dos métodos de impressão tradicionais mais conhecidos. A tinta é aplicada através de uma tela feita de fios sintéticos finos. Nas zonas onde a tinta não deve ser aplicada, usa-se um estêncil para tornar o tecido impermeável à tinta. A impressão serigráfica é feita manualmente ou com máquina.

Que cores são geralmente usadas em papel de parede clássico?

As cores presentes nos papéis de parede clássicos variam desde suaves, elegantes e neutras até majestosas e luxuosas. As cores mais usadas são o cinza, o preto/branco, o bege, o vermelho, o azul e o dourado. 

Cinza

Em tons mais escuros, o cinza confere um toque fresco e elegante a um design clássico criando um resultado harmonioso com mobiliário simples e clássico. As outras cores são enfatizadas e seus efeitos são intensificados.

Vermelho

O vermelho é frequentemente associado ao amor e ao romance, mas também possui um caráter majestoso (por exemplo, em tons de fúcsia ou carmesim), tornando essa cor a escolha principal para designs sofisticados de papel de parede clássico.

Bege

Na psicologia das cores, suave, confortável, estável e sensual são os termos usados para descrever essa tonalidade. Sua aura natural confere exclusividade a designs clássicos sendo compatível com muitos tons, quentes ou frios.

Azul

O azul é uma cor decorativa maravilhosa e majestosa que confere uma profundidade expressiva a muitas estampas de papel de parede. A cor da clareza também desempenha um papel importante nos designs tradicionais britânicos / vitorianos ou nas estampas folclóricas dos países mediterrâneos.

Dourado

O ouro significa luxo, riqueza, beleza, poder e iluminação. Nenhuma outra cor combina tão bem com estampas estilo Barroco ou Rococó. A cor do sol também irradia luz nas estampas estilo Art Nouveau e Art Déco.

Preto/branco

As estampas e os padrões clássicos podem ser muito sutis e, no entanto, profundos. A calma que deles emanam é inspiradora sendo maravilhosamente realçada com as cores neutras preto e branco.

Quais são as estampas populares em padrões de papel de parede clássico?

Há uma infinidade de possibilidades de padrões / estampas para papel de parede clássico. Entre os seis designs mais populares estão as listras, as paisagens históricas, a arte e a pintura clássica, as flores, os pássaros e os ornamentos próprios de cada período.

Listras

As listras, especialmente as listras retas em bloco, são uma estampa típica do papel de parede clássico. Seguindo modelos de estampas históricas, muitos designs com listras são embelezados com pássaros encantadores e flores românticas. Em termos de cor, o dourado, a cor rosada, os tons de marrom e creme, como também o preto e branco são muito usados. 

Paisagens históricas

Paisagens cultural e historicamente relevantes podem ser encontradas em todo o mundo satisfazendo o desejo de um ambiente que privilegia o lar e a família. O papel de parede francês Toile de Jouy ou as estampas que representam o azulejo Delft são apenas dois exemplos. Na Inglaterra e na Escócia, as paisagens florestais e as cenas de caça estão muito presentes, enquanto no norte da Europa estão mais presentes as representações da costa acidentada. 

Arte e pintura clássica

A arte e a pintura clássica são excelentes modelos para papel de parede. As obras de antigos mestres de diferentes movimentos artísticos, por exemplo Botticelli, Michelangelo, Rembrandt, Renoir, van Gogh, Klimt, são reinterpretadas tendo em conta o estilo de cada estilista.

Flores   

As flores foram um elemento importante em vários períodos artísticos (Barroco, Art Nouveau) e uma forma de expressão no romantismo. Além de outras flores, nas estampas tradicionais aparecem a flor azul (centáurea) ou o lírio que geralmente faz parte dos brasões de família tradicionais. Os buquês de flores e os designs com flores históricos também são representados no papel de parede clássico.

Pássaros          

Tal como as flores, os pássaros convidam ao romantismo. Nos séculos XVII e XVIII, as aves exóticas de continentes estrangeiros eram tendência nas cortes da nobreza europeia, e representações de aves tropicais surgiram na pintura decorativa.

Ornamentos

Os ornamentos são elementos essenciais em certos estilos, como o estilo Renascentista, Vitoriano, Barroco, Art Nouveau e Art Déco. No modernismo clássico, eles foram constantemente alterados ou modificados de acordo com cada movimento artístico. Além disso, existe uma influência do Oriente, bem como de contos de fadas e de lendas, conferindo versatilidade e variação aos ornamentos.

Em que ambientes se deve privilegiar o papel de parede clássico?

As estampas típicas de papel de parede clássico podem ser usadas em áreas privadas, bem como em espaços representativos e sociáveis. Quartos, banheiros, salas de estar, cozinhas e halls de entrada se beneficiam muito dos modelos de papel de parede com design clássico.

Quarto

Os quartos são ambientes perfeitos para serem decorados com papel de parede de bom gosto que lembram tempos passados. Os quartos também oferecem o espaço necessário para dar vida a fantasias típicas de contos de fadas, por exemplo, com papel de parede com padrão de grande qualidade que lembram palácios ou castelos históricos. Dica: estampas com paisagens históricas para favorecer o sono.

Banheiro

Os banheiros estilo Roma Antiga ou que se inspiram no Art Nouveau e Art Déco estão surgindo novamente. Ornamentos coloridos e opulentos estilo damasco são usados na decoração de banheiros de luxo. No que diz respeito à beleza e ao bem-estar, grandes conceitos clássicos de decoração de interiores (por exemplo, com papéis de parede com inspiração grega ou romana) promovem o prazer e a sensualidade.

Sala de estar

Qualquer tema pode ser implementado na sala de estar com estampas clássicas. Um salão de festas, uma "Área para fumantes" britânica com representações de cenas de caça ou um encantador salão rococó são apenas alguns exemplos. Materiais de alta qualidade e cores fortes realçam o caráter representativo.

Hall de entrada

Dependendo do tamanho e do layout, o hall de entrada pode ser decorado com designs clássicos versáteis, por exemplo, com listras. Estampas que contam histórias e fazem os pensamentos viajar para outros mundos são boas opções. Os modelos de papel de parede clássico com detalhes fantásticos e cores e texturas surpreendentes são a escolha ideal.

Cozinha

Estampas tradicionais e folclóricas (por exemplo, estilo rústico) são excelentes para decorar cozinhas. Estampas delicadas com flores, padronagem xadrez escocês, Toile de Jouy: para fazer um contraste com estilos modernos, o papel de parede clássico é uma ótima opção (por exemplo, combinando um padrão damasco original com móveis de cozinha ultramodernos).

O que torna o papel de parede clássico tão popular?

O papel de parede clássico nunca sai de moda. Pelo contrário: dependendo do estilo contemporâneo usado na decoração de interiores, ele pode ser tendência e moderno novamente. Ele satisfaz o desejo de nostalgia e estética, e muitos dos modelos estão disponíveis com acabamentos de luxo para decorações de luxo.

A elegância intemporal dos estilos clássicos

A elegância intemporal dos papéis de parede clássicos convida à decoração, respeitando as preferências, o estado de espírito e os gostos pessoais. Os diferentes estilos de papel de parede clássico oferecem uma ampla gama de possibilidades com base nos gostos pessoais. As estampas podem ser opulentas, alegres, ornamentadas, sóbrias ou lineares.

Decoração de luxo estilo brocado e damasco

Em inúmeros modelos de papel de parede com estampas clássicas, o luxo e a qualidade andam de mãos dadas. Por exemplo, existe uma infinidade de modelos de papel de parede Barroco opulento ou Art Déco estilo brocado e damasco. Até as melhores fibras de seda ou o linho de alta qualidade aparecem em modelos de papel de parede clássico.

Nostalgia e estética

O papel de parede clássico traz lembranças, talvez do papel de parede na sala de estar da avó. Mas a nostalgia também se refere à uma decoração com papel de parede que cria um ambiente autêntico relativo a um período específico. E não nos podemos esquecer da beleza que emana dos designs surpreendentes e artísticos...

Dicas: Uma decoração elegante com papel de parede clássico

  1. Um papel de parede antigo para casas de bonecas: os olhos das crianças irão se iluminar quando as paredes da sua casa de bonecas forem decoradas com papel de parede estilo Biedermeier, Barroco ou Art Nouveau. A melhor opção são as estampas suaves de pequenas dimensões, de forma a respeitar a escala. 
  2. Um papel de parede que combina com móveis antigos: use mobília que lembre uma decoração de interiores antiga. Use fotos originais de livros, revistas ou da Internet para descobrir que papel de parede corresponde à mobília escolhida. Complete a decoração com acessórios e uma iluminação que privilegiam a autenticidade. 
  3. Uma decoração com flores imitação apainelamento: aplique na parede um papel de forro que pode ser pintado. Em seguida, escolha um papel de parede decorativo, por exemplo, com buquês de flores, e corte 2 a 4 faixas de acordo com o comprimento da parede (aproximadamente 120 cm de comprimento e 50 cm de largura - é possível usar outros formatos). Aplique as faixas do papel de parede a uma distância igual uma da outra, para criar um efeito harmonioso. Pinte os espaços em branco entre as faixas com uma das cores presentes no papel de parede. Por fim, contorne o papel de parede com uma moldura de parede para formar painéis.
  4. Flores magníficas para decorar a área de estar: um papel de parede com pérolas de vidro de cor branco creme ou champanhe e com pérolas brilhantes formando ornamentos promove requinte e luxo. Quando combinado com sofás e poltronas macias e aveludadas em cinza rosado e com objetos decorativos em cobre ou em bronze, o resultado final é excepcional.